Arquivo da tag: braquetes

Invisalign – aparelho invisivel

Google BookmarksEmailCompartilhar/Favoritos

Muitas pessoas têm o sonho de corrigir seu sorriso e ficar com uma aparência mais bonita. E em vários casos o aparelho é a melhor forma para corrigir a posição dos dentes e proporcionar um tratamento eficaz para o paciente. Mas, nem todos gostam de usar o aparelho e também não ficam confortáveis com as peças de metal, os braquetes, as bandas e os elásticos que ficam na boca.

Uma das técnicas mais recente e mais avançada é a invisalign, que também é conhecida como aparelho invisível. Ela utiliza na utilização de modelos baseados na cópia da boca do paciente, em que são colocadas algumas peças que vão exercer forças sobre os dentes. O grande diferencial está nos alinhadores feito especialmente para cada pessoa.

O invisalign é indicado para pacientes que possuem dentes apinhados ou muito separados. Além de corrigir a posição dentária, ele também ajuda a manter a saúde bucal em dia. E por não apresentar nenhum fio de metal ou braquete, a comida não fica presa e há menos risco da pessoa desenvolver tártaro, acúmulo de placa até mesmo uma doença periodontal.

Os alinhadores do invasilign são feitos sob medida de acordo com a necessidade de cada paciente. Essas peças são invisíveis e por isso a pessoa não sente que está usando aparelho e também não consegue ver nada em sua boca. Para garantir o bom tratamento os pacientes precisam trocar os alinhadores a cada duas semanas e retirá-los na hora das refeições e também nas escovações.
Consultoria: Clinica ImplArt – Estética dental e Implante dentário http://www.clinicaimplart.com.br

Aparelho estético

Os aparelhos estéticos possuem braquetes feitos de materiais que imitam a cor dos dentes deixando a estrutura mais discreta do que quando são utilizados braquetes metálicos. A eficiência deste tipo de técnica é igual a do aparelho comum e pode ser utilizado por pessoas que tenham problemas ortodônticos.

Eles são fabricados com os mesmos parâmetros dos metálicos e por isso servem tanto para tratamento estéticos como para ortodônticos. O uso deles depende da preferência do paciente, do problema e também se o dentista sabe como manusear a peça. Os braquetes estéticos podem ser de porcelana, safira laboratorial, policarbonato ou policarbonato reforçado com cerâmica.

O atrito entre o braquete e o arco é maior no aparelho estético e isso pode interferir em alguns movimentos. Mas, para manter a eficácia do tratamento uma das opções é utilizar um slot metálico, um sulco onde o arco ortodôntico se encaixa no braquete, que reduz os efeitos do problema.

Existe uma diferença no valor do tratamento com aparelho estético e o aparelho comum. O estético é mais caro por utilizar materiais mais tecnológicos e específicos, já que toda peça utiliza materiais diferenciados: arco, braquete e borracha. Os pacientes também precisam ficar atentos às práticas para manter a limpeza e a conservação do aparelho.

Consultoria: Clinica ImplArt – Estética dental e Implante dentário http://www.clinicaimplart.com.br

Aparelho de transparente de safira

Os dentistas sempre estão em busca de novidades e tecnologias para promover um tratamento mais agradável, rápido e bem feito para seus pacientes. Uma das novas opções no mercado para as pessoas que não querem parecer que utilizam aparelho é o aparelho de safira.

Para ficarem invisíveis, os braquetes são feitos de safira translúcida e com extremidades suavemente arredondadas que permitem uma colocação e uma adaptação fácil. O fio de metal que passa pelos braquetes também é diferente do comum, com uma coloraçãomais próxima da cor dos dentes. Assim, todo o aparelho fica “escondido”.

A tecnologia utilizada nas peças também aumenta a durabilidade com um processo de polimento feito em altas temperaturas que corrige as falhas na superfície deixa o braquete mais forte e reduz o atrito entre o dente e a peça. A cola utilizada também é diferenciada e permite fácil remoção do braquete e sua coloração é removida depois que a peça é colocada na boca.

O aparelho de safira faz a mesma função do aparelho comum com os braquetes e os fios de metal sem o paciente ter a sensação de que está com um aparelho na boca. A qualidade dos materiais e do resultado apresentado no final não se diferencia da técnica comum. Os pacientes devem conversar com seu dentista para saber qual a melhor opção para seu caso.

Consultoria: Clinica ImplArt – Estética dental e Implante dentário http://www.clinicaimplart.com.br

Como funciona o aparelho fixo

Os pacientes buscam o dentista para deixar o sorriso em dia e ter uma aparência mais bonita. Em muitos casos, a colocação de um aparelho ortodôntico é a solução para alinhar os dentes e melhorar a mordida. Para chegar ao resultado esperado, o ortodontista pode optar por aparelhos fixos e móveis, que são utilizados para ajudar a movimentar os dentes, retrair os músculos e até modificar o crescimento mandibular. Eles atuam aplicando uma pequena pressão nos dentes e nos ossos maxilares.

Os aparelhos fixos são divididos em três categorias, mas o tipo mais comum é o aparelho fixo, que é composto por bandas, fios e braquetes. A colocação do aparelho é feita em etapas para que o paciente consiga se adaptar. Se for necessário, a primeira fase é colocar os mantenedores do espaço que vão guardar a área em que as bandas, que seguram toda a estrutura, serão colocadas posteriormente.
Consultoria: Clinica ImplArt – Estética dental e Implante dentário http://www.clinicaimplart.com.br

Depois das bandas, que são fixadas ao redor de um ou vários dentes, como âncoras para o resto do aparelho, os braquetes são colados na parte eterna dos dentes e os fios, em forma de arco, passam pelos braquetes e ligam-se às bandas. Ao apertar o arco ou trocar de fio, os dentes movem-se para chegar à posição correta. Normalmente, eles são apertados uma vez por mês, o tempo de tratamento depende de cada caso. Após o uso do aparelho fixo, o paciente pode precisar do móvel e também de placas para complementar o tratamento.

Outra opção disponível é o aparelho fixo especial utilizado para controlar o hábito de chupar o dedo ou a famosa língua presa. Eles são fixados por meio das bandas. Esse tipo de aparelho só é recomendado em casos muito graves.

O último tipo existente é o mantenedor de espaço fixo, que protege o espaço deixado por um dente de leite perdido precocemente até que o dente permantente apareça para ocupar esse local. Para isso, a banda é cimentada ao dente próximo ao espaço vazio e um fio é utlizado para separar os dentes.

Braquetes com tecnologia Damon System

O Damon System é uma nova técnica ortodôntica que atua na correção de desvios de oclusão por meio de arcos e braquetes auto-ligados que são ativados por um compartimento que se fecha e trava o fio na canela dos próprios braquetes, ou seja, não é preciso utilizar as conhecidas borrachinhas para manter o aparelho ativo e movimentar os dentes para a posição correta.

A tecnologia é indicada para pacientes que apresentam grandes apinhamentos e/ ou dentes volumosos. Com o sistema, eles não precisam extrair os dentes que atrapalhariam o tratamento com a técnica comum.

Não existem restrições para o uso do Damon System, mas, como em todos os casos, somente uma avaliação do dentista pode determinar qual o melhor tipo de tratamento. Uma das vantagens da tecnologia é a rapidez, já que ela demora cerca de 40% a menos para mostrar os resultados, que normalmente aparecem em 10 semanas.

O tratamento não utiliza componentes que estão presentes nos aparelhos ortodônticos tradicionais como as borrachas e o constante “aperto”, que é feito uma vez por mês. O Damon System possui fios de memória que movem os dentes de forma suave e sem fricção.

O valor do aparelho e o tempo de uso dependem da situação e do resultado pretendido por cada paciente. Uma visita ao ortodontista para tirar todas as dúvidas é a melhor forma de obter informações corretas.