Arquivo da tag: paciente

Invisalign – aparelho invisivel

Google BookmarksEmailCompartilhar/Favoritos

Muitas pessoas têm o sonho de corrigir seu sorriso e ficar com uma aparência mais bonita. E em vários casos o aparelho é a melhor forma para corrigir a posição dos dentes e proporcionar um tratamento eficaz para o paciente. Mas, nem todos gostam de usar o aparelho e também não ficam confortáveis com as peças de metal, os braquetes, as bandas e os elásticos que ficam na boca.

Uma das técnicas mais recente e mais avançada é a invisalign, que também é conhecida como aparelho invisível. Ela utiliza na utilização de modelos baseados na cópia da boca do paciente, em que são colocadas algumas peças que vão exercer forças sobre os dentes. O grande diferencial está nos alinhadores feito especialmente para cada pessoa.

O invisalign é indicado para pacientes que possuem dentes apinhados ou muito separados. Além de corrigir a posição dentária, ele também ajuda a manter a saúde bucal em dia. E por não apresentar nenhum fio de metal ou braquete, a comida não fica presa e há menos risco da pessoa desenvolver tártaro, acúmulo de placa até mesmo uma doença periodontal.

Os alinhadores do invasilign são feitos sob medida de acordo com a necessidade de cada paciente. Essas peças são invisíveis e por isso a pessoa não sente que está usando aparelho e também não consegue ver nada em sua boca. Para garantir o bom tratamento os pacientes precisam trocar os alinhadores a cada duas semanas e retirá-los na hora das refeições e também nas escovações.
Consultoria: Clinica ImplArt – Estética dental e Implante dentário http://www.clinicaimplart.com.br

Porque fazer a documentação ortodôntica?

A documentação ortodôntica é um conjunto de exames que o ortodontista requisita para o paciente antes de iniciar qualquer tratamento ortodôntico, com aparelho fixo ou móvel. Com o material ele terá uma visão total do caso e do que precisa feito para deixar o sorriso e a mordida do paciente em dia.

O pedido normalmente inclui os seguintes exames: radiografias (detalhamento da estrutura bucal), fotografias intra e extra-bucais (para avaliar as alterações existentes), modelos em gesso das arcadas dentárias (cópia das arcadas), análises cefalométricas (mostra valores e medidas das estruturas da face) e de modelos computadorizadas. Ele pode ser incrementando, dependendo do caso de cada paciente, com: telerradiografia e fotos do corpo inteiro.

O dentista vai determinar quais exames são necessários para analisar a situação dos dentes do paciente. Somente a tradicional radiografia panorâmica não é suficiente para ter que o especialista conheça todas as especificidades bucais do paciente e suas necessidades. Ela também é importante como documento de comparação, já que o dentista pode analisar a evolução do tratamento.

Todos os pacientes devem saber que a documentação ortodôntica é sua e não do dentista que fez a requisição. Caso ele queira mudar de ortodontista por motivos de preferência, porque ele vai mudar de cidade ou por outras razões, o paciente tem o direito de levar todos seus exames, incluindo radiografias, moldes, fotos, ou seja, todo o material que foi pedido para a documentação.

Consultoria: Clinica ImplArt – Estética dental e Implante dentário http://www.clinicaimplart.com.br

Como manter a durabilidade do aparelho

O tratamento ortodôntico demanda tempo e dedicação do paciente já que todos os cuidados do dia a dia não são supervisionados de perto pelo ortodontista. Somente na consulta mensal é que o especialista pode acompanhar a evolução ou não da movimentação dos dentes.

Um dos pontos mais importantes para que o tratamento tenha sucesso é a manutenção da estrutura do aparelho, tanto o fixo como o móvel. A quebra constante, a perda e o descuido podem atrapalhar, e muito, o resultado do tratamento. Em alguns casos a interrupção para o conserto do aparelho, troca de braquetes, reposição de banda ou a perda, para móveis, podem resultar em um grande atraso no resultado final.

Para evitar esse tipo de contratempo, os dentistas indicam uma série de pequenas medidas que podem ajudar na conservação e na durabilidade do aparelho. Evitar alimentos pegajosos como chiclete, bala de goma e torrone, e duros como pé de moleque, nozes e amendoim, não usar os dentes da frente para morder, ou seja, aquela mordida em uma maçã inteira ou em sanduíche, são ações importantes para que o aparelho fixo não seja danificado.

Já para os aparelhos móveis não é indicado que o paciente beba refrigerantes ou sucos enquanto estiver com o aparelho na boca. Outras dicas são: não colocar o aparelho após as refeições antes de limpá-lo e de ter escovado os dentes, não guardá-lo em guardanapos, pois as chances de o paciente jogá-lo fora sem perceber são grandes.

Para manter um bom tratamento, que seja efetivo e apresente resultados, os cuidados de higiene diária também são importantes para que o aparelho. É muito importante que o paciente tire todas as suas dúvidas com o ortodontista e que ele explique a importância da manutenção do aparelho para o resultado desejado seja alcançado.

Consultoria: Clinica ImplArt – Estética dental e Implante dentário http://www.clinicaimplart.com.br

O que é a reabilitação oral

A reabilitação oral consiste em tratamentos de prótese dentária e estética que visam recuperar ou melhorar a saúde bucal do paciente, quando esta se encontra comprometida.
A grande finalidade da reabilitação oral é reestabelecer: Função (mastigação), estética (beleza), saúde (remover infecções). Uma dentição completa e bem articulada evita problemas na mandíbula e no maxilar, que podem se desenvolver em problemas maiores e mais complexos no futuro.

A reabilitação oral envolve um planejamento complexo do caso, normalmente envolvendo múltiplas especialidades como endodontia (canal), periodontia (gengiva), implantodontia (implantes), prótese dentária, dentística (restaurações), estética.

Para realizar esse procedimento o primeiro passo é agendar uma avaliação no dentista e realizar um raio-X panorâmico e avaliar o estado da boca e dos dentes. Em seguida, um molde de gesso é feito para que a arcada dentária seja colocada em um aparelho específico, que vai reproduzir os movimentos naturais durante a mastigação.

A partir dessa avaliação, o dentista vai determinar o que precisa ser feito, implante odontológico, prótese fixa, prótese removível ou prótese total. O processo procura reconstituir a engrenagem anatômica dos dentes, a partir dos movimentos de mastigação para criar uma estética nos dentes, com um sorriso bonito.

Em cada caso será determinado quais exames, avaliações ou testes são necessários, como cada paciente pode ter um problema específico ou vários que afetam diferentes regiões, o dentista vai avaliar o tratamento correto para cada pessoa. A duração do processo pode variar entre semanas a meses, dependendo do grau do problema. Pode ser feito também em day clinic para acelerar o processo.

Consultoria: Clinica ImplArt – Estética dental e Implante dentário http://www.clinicaimplart.com.br

Enxerto ósseo em blocos

Os enxertos ósseos são utilizados para reabilitar pessoas que perderam um ou mais dentes e querem reconstruir sua arcada dentária. Eles são utilizados em pessoas que sofrem reabsorção óssea ou de atrofia, que deixam os ossos da região com menos espessura e altura e por isso pode ocorrer o aumento do tamanho do seio maxilar, o que impede a colocação de implante.

O enxerto ósseo serve para permitir a realização do implante, devolvendo o volume perdido ao osso atrofiado. Para essa técnica, o dentista pode utilizar material ósseo do próprio paciente, retirado da boca e de outros locais como o osso da bacia (ilíaco) ou da calota craniana (parietal).

Para grandes extensões, no caso de pessoas que perderam muitos dentes, a técnica utilizada é a de enxerto em bloco com material autógeno (do próprio paciente) e homógeno (de outras pessoas). A utilização desse tipo de enxerto para a reconstrução dos rebordos alveolares é uma prática constante para a colocação, com sucesso, de implantes dentários.

O uso do enxerto em bloco facilita o processo de implantes para áreas maiores, pois reconstrói uma grande parte de uma vez só e com o mesmo material, o que reduz a possibilidade de rejeição. Além disso, também permite a colocação mais rápida do implante, já que o corpo vai se adaptar de uma forma mais rápida ao novo material.

Consultoria: Clinica ImplArt – Estética dental e Implante dentário http://www.clinicaimplart.com.br

Implantes imediatos

Pessoas que perderam vários dentes ou todos eles dependem totalmente das próteses móveis (dentaduras) para ter um vida normal, sorrindo e realizando suas refeições diárias. Uma boa opção para esses pacientes é o implante, que vai facilitar as atividades do dia-a-dia.

Para quem perdeu diversos dentes há muito tempo, um dos tratamentos possíveis é o implante imediato, quando a colocação do mesmo é feito de forma rápida, logos depois que os dentes são retirados, para evitar a atrofia do osso, situação que ocorre em áreas que ficaram sem dentes durante um longo período.

Nessa técnica, o dentista procura utilizar uma prótese fixa para todos os dentes, melhorando a mastigação dos alimentos, com uma estética e uma durabilidade melhorar. O paciente literalmente recebe novos dentes.

O primeiro passo do tratamento é instalar os implantes para recobrar as raízes perdidas, em seguida a prótese final é instalada no implante. Com esse procedimento o paciente também pode sair com seus novos dentes no mesmo dia, com a técnica de carga imediata, que permite uma instalação mais rápida com a mesma eficiência.

Todos os tratamentos possíveis para recuperar os dentes e o sorriso são decididos pelo dentista, juntamente com o paciente de acordo com seus desejos e possibilidades, considerando os resultados e os benefícios de cada técnica.

O que é o Day Clinic

Você não tem tempo a perder? Você corre o dia inteiro, do trabalho para casa, da casa para o trabalho? Você precisa começar um tratamento odontológico, mas a sua falta de tempo na permite várias visitas ao dentista? A solução mais simples é optar pelo Dental Day Clinic, ou Spa Odontológico, onde você pode realizar o mairo número de procedimentos em apenas um dia em uma consulta.

O paciente pode reservar um dia de sua agenda ou alguns dias em uma semana para se dedicar ao tratamento odontológico, sem que ele leve meses para terminar. Os procedimentos e as visitas são realizados de uma forma que não afete seu dia-a-dia, reduzindo o tempo dedicado ao dentista.

Tratamentos estéticos, implantes dentários, próteses dentárias são alguns exemplos do que pode ser feito no Day Clinic. A melhor forma para definir o que sér feito é ter como base um planejamento prévio baseado nas necessidades e desejos do paciente. A partir daí, o dentista vai definir a sequência dos procedimentos e como eles devem ser realizados.

Na Clínica Implart, outra novidade são os tratamentos dentários com sedação, em que o paciente permanece relaxado durante todo o procedimento. Eles são indicados para pessoas que têm medo de ir ao dentista, de tratamento odontológicos ou da famosa “maquininha do dentista”, o motor.

Clareamento dental caseiro

O clareamento dental caseiro, feito pelo próprio paciente, está ganhando vários adeptos devido a sua comodidade e praticidade, já que a pessoa não precisa se dirigir ao consultório do dentista para realizar o procedimento.

A técnica é indicada para pessoas que querem cuidar de sua estética dental e possuem dentes manchados, com pigmentação amarelada ou que sofrem com problema endodonticos antigos. Antes de iniciar o clareamento, a saúde bucal deve estar em dia, sem feridas, sangramentos, cáries ou tártaro.

Para realizar o clareamento em casa, o paciente utiliza um gel de peróxido de carbamida, que apresenta uma concentração de carbopol de 10%, 16% ou 22%. Depois, são utilizadas moldadeiras flexíveis para depositar o gel, que serão encaixadas nos dentes para iniciar o tratamento.

A realização do procedimento caseiro demora de 1 a 3 semanas para ser finalizado. O gel pode ser utilizado em uma sessão de 3 a 4 horas. Outra opção são duas sessões curtas de 30 minutos a 1 hora.

Apesar de essa técnica demorar mais tempo para apresentar resultados, em relação ao clareamento a laser, ela é menos agressiva ao paciente, já que tratamentos mais rápidos causam mais efeitos colaterais. Mesmo com o clareamento realizado em casa, é preciso ter o acompanhamento de um profissional para saber se a técnica está correta e se as etapas estão sendo cumpridas.

Implante dentário sem cortes, cirurgia simples, guiada pelo computador

Uma boa opção para quem não quer por todas as fases da implantação de um dente é o implante dentário guiado, mais conhecido como implante guiado. Com essa técnica, o procedimento é realizado primeiro no computador, através de uma tomografia tridimensional da arcada dentária do paciente.

Com essa tecnologia, o dentista pode realizar o implante em 3D, observando sua posição e inclinação. Também é possível saber quantas peças serão necessárias, a profundidade de cada uma delas. Dessa forma, o profissional terá uma espécie de guia cirúrgico para facilitar a cirurgia sem corte, com a colocação dos implantes na gengiva.

Um dos grandes diferenciais da cirurgia guiada é a qualidade estética dos implantes, além da facilidade para o paciente, que passa por um procedimento mais simples e menos invasivo, como não há cortes, o pós-operatório não é tão dolorido e longo.

Por outro lado, na cirurgia convencional, a pessoa precisa colocar o implante e aguardar por três meses a consolidação do osso ao seu redor (osseointegração). Depois dessa etapa, o dente provisório é feito para permitir a mastigação, a partir daí, o dente definitivo pode ser colocado e isso pode demorar algum tempo.

Com o planejamento permitido pela cirurgia guiada, o dentista não corta várias partes da gengiva para examinar os dentes, determinar como o procedimento será feito e escolher quais locais serão perfurados.

Documentação ortodôntica

A documentação ortodôntica é um conjunto de exames que o ortodontista requisita para o paciente antes de iniciar qualquer tratamento ortodôntico, com aparelho fixo ou móvel. Com o material ele terá uma visão total do caso e do que precisa feito para deixar o sorriso e a mordida do paciente em dia.

O pedido normalmente inclui os seguintes exames: radiografias (detalhamento da estrutura bucal), fotografias intra e extra-bucais (para avaliar as alterações existentes), modelos em gesso das arcadas dentárias (cópia das arcadas), análises cefalométricas (mostra valores e medidas das estruturas da face) e de modelos computadorizadas. Ele pode ser incrementando, dependendo do caso de cada paciente, com: telerradiografia e fotos do corpo inteiro.

O dentista vai determinar quais exames são necessários para analisar a situação dos dentes do paciente. Somente a tradicional radiografia panorâmica não é suficiente para ter que o especialista conheça todas as especificidades bucais do paciente e suas necessidades. Ela também é importante como documento de comparação, já que o dentista pode analisar a evolução do tratamento.

Todos os pacientes devem saber que a documentação ortodôntica é sua e não do dentista que fez a requisição. Caso ele queira mudar de ortodontista por motivos de preferência, porque ele vai mudar de cidade ou por outras razões, o paciente tem o direito de levar todos seus exames, incluindo radiografias, moldes, fotos, ou seja, todo o material que foi pedido para a documentação.