Arquivo da tag: pacientes

O que é dimensão vertical

Google BookmarksEmailCompartilhar/Favoritos

A dimensão vertical consiste no comprimento da face determinado pela distância de separação do maxilar. Alterações nesse sistema podem trazer diversos problemas para os pacientes. Por isso, há muito tempo os dentistas procuram métodos e técnicas para determinar um relacionamento maxilomandibular eficiente. O restabelecimento inadequado pode acarretar em um trabalho protético.

Hábitos parafuncionais, desgaste dentário fisiológico ou parafuncional, perda de estabilidade posterior por causa da ausência de alguns dentes podem trazer alterações à dimensão vertical. Como consequência, podem aparecer problemas de alteração do perfil facial, dor de cabeça, dor nos músculos e sintomas relacionados às disfunções temporomandibulares.

Existem dois tipos de dimensão vertical: oclusal ou de contato (DVO/OVD ou DOV/VDO) e de repouso (DVR/VDR). A primeira consiste na altura reduzida da face com os dentes na oclusão ccentral e a segunda, é a altura reduzida da face medida de um ponto do queixo a um ponto abaixo do nariz, com a mandíbula em repouso.

Para restabelecer corretamente a dimensão, alguns tratamentos podem ajudar nesse sentido. O uso de overlays e próteses provisórias vão contribuir para retormar a função fisiológica normal do paciente. Além disso, a técnica também diminui os sintomas, atuando como uma terpia reversível e permite a confirmação do diagnóstico. Dessa forma, o dentista e o paciente podem começar a planeja qual tratamento será feito.

Consultoria: Clinica ImplArt – Estética dental e Implante dentário http://www.clinicaimplart.com.br

Aparelho estético

Os aparelhos estéticos possuem braquetes feitos de materiais que imitam a cor dos dentes deixando a estrutura mais discreta do que quando são utilizados braquetes metálicos. A eficiência deste tipo de técnica é igual a do aparelho comum e pode ser utilizado por pessoas que tenham problemas ortodônticos.

Eles são fabricados com os mesmos parâmetros dos metálicos e por isso servem tanto para tratamento estéticos como para ortodônticos. O uso deles depende da preferência do paciente, do problema e também se o dentista sabe como manusear a peça. Os braquetes estéticos podem ser de porcelana, safira laboratorial, policarbonato ou policarbonato reforçado com cerâmica.

O atrito entre o braquete e o arco é maior no aparelho estético e isso pode interferir em alguns movimentos. Mas, para manter a eficácia do tratamento uma das opções é utilizar um slot metálico, um sulco onde o arco ortodôntico se encaixa no braquete, que reduz os efeitos do problema.

Existe uma diferença no valor do tratamento com aparelho estético e o aparelho comum. O estético é mais caro por utilizar materiais mais tecnológicos e específicos, já que toda peça utiliza materiais diferenciados: arco, braquete e borracha. Os pacientes também precisam ficar atentos às práticas para manter a limpeza e a conservação do aparelho.

Consultoria: Clinica ImplArt – Estética dental e Implante dentário http://www.clinicaimplart.com.br

Tratamentos odontológicos em faculdades de SP

Para incentivar o cuidado com a saúde bucal, algumas faculdades de odontologia de São Paulo oferecem tratamentos com baixo custo ou gratuitamente para a população. Os atendimentos são agendados pelo telefone ou na própria unidade.

Clareamento dentária, tratamento de cáries, canal, doenças periodontais e até implantes podem ser realizados nos consultórios universitários. A Unip, Universidade Paulista, localizada na Avenida José Maria Whitaker, 320, Zona Sul, alunos de pós-graduação realizam 140 cirurgia de implantes por mês. Para marcar um horário, os interessados precisam ir até o local, de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h. Os pacientes são responsáveis pelo pagamento do material utilizado no tratamento.

A UnG (Universidade de Guarulhos) também oferece atendimento odontológico e clareamento dentário, mas os pacientes não devem ter cáries ou doença periodontais, apresentar todos os dentes naturais e escurecimento natural para realizar o procedimento. As doenças periodontais também são tratadas e os interessados devem apresentar sangramento gengival, dentes moles e ter no mínimo 15 dentes.

A Uninove (Universidade Nove de Julho) também atende pacientes com agendamento prévio.
Mais informações podem ser obtidas pelos telefones: 5071-2601 (Unip), 2464-1674 (UnG) e 3385-9064/ 9058 (Uninove).

Com informações do G1

Pará aumenta atendimento odontológico para servidores

O número de clínicas profissionais habilitadas para o atendimento em odontologia básica de servidores do estado vai aumentar no Pará, passará de 33 para 95. Segundo o Instituto de Assistência dos Servidores do Estado do Pará (Iasep), o interior também será beneficiado com a ampliação de 14 para 45 credenciados. Somente na capital, Belém, a rede aumentará de 19 para 50.

O Módulo de Saúde, criado em fevereiro deste ano, permite que o Instituto realize um controle eletrônico das cotas de uso de odontologia e também da qualidade dos serviços prestados. Isso ajuda na eficiência, já que antes o trabalho era manual.

Implantado no sistema e-saúde, o módulo possibilitou a ampliação da rede credenciada. Ainda em fevereiro, também foi criado o “Manual de Normas” para a odontologia, que estabeleceu um padrão para o atendimento do segurado.

Mais informações podem ser obtidas no site: www.iasep.pa.gov.br.

Braquetes com tecnologia Damon System

O Damon System é uma nova técnica ortodôntica que atua na correção de desvios de oclusão por meio de arcos e braquetes auto-ligados que são ativados por um compartimento que se fecha e trava o fio na canela dos próprios braquetes, ou seja, não é preciso utilizar as conhecidas borrachinhas para manter o aparelho ativo e movimentar os dentes para a posição correta.

A tecnologia é indicada para pacientes que apresentam grandes apinhamentos e/ ou dentes volumosos. Com o sistema, eles não precisam extrair os dentes que atrapalhariam o tratamento com a técnica comum.

Não existem restrições para o uso do Damon System, mas, como em todos os casos, somente uma avaliação do dentista pode determinar qual o melhor tipo de tratamento. Uma das vantagens da tecnologia é a rapidez, já que ela demora cerca de 40% a menos para mostrar os resultados, que normalmente aparecem em 10 semanas.

O tratamento não utiliza componentes que estão presentes nos aparelhos ortodônticos tradicionais como as borrachas e o constante “aperto”, que é feito uma vez por mês. O Damon System possui fios de memória que movem os dentes de forma suave e sem fricção.

O valor do aparelho e o tempo de uso dependem da situação e do resultado pretendido por cada paciente. Uma visita ao ortodontista para tirar todas as dúvidas é a melhor forma de obter informações corretas.